quinta-feira, dezembro 15, 2011

Sobre amor e desamor...

Eu não sei se é indelicado ou não tocar no assunto mas acho que 2011 não foi um ano muito bom para o amor,pelo menos aqui,entre as pessoas que conheço.Não fui a nenhum casamento e quatro casais que conheço se separam,um deles ia fazer bodas de prata!
Se você  tem um amor e é feliz fique esperta!Se cuida que ainda temos 17 dias pela frente neste ano em que o cupido está de TPM e Santo Antônio decidiu se vingar da simpatias cruéis feitas com ele nos meses de festa junina...

Ontem encontrei o ex-marido de uma colega e conversamos um pouco.Saí de lá triste.Ela está sofrendo,ele também está sofrendo e agora sei o motivo do sofrimento dos dois e me espanta saber que os motivos não são os mesmos... Vou tentar resumir a história desse casal e claro, vou mudar os nomes dos protagonistas.
Ela é filha única de classe média alta, estudou em boas escolas, fez intercâmbio no exterior e em seus 28 anos nunca havia trabalhado na vida, exceto ano passado,que usou seu diploma de licenciatura em artes plásticas para dar dar aulas em uma escola de contrato temporário.
Foi nessa escola que ela conheceu Rodrigo,professor de Educação Física concursado que também dá aulas particulares de matemática e que do alto dos seus 35 anos trabalha desde os 18.  Rodrigo sempre batalhou, tem um carrinho popular e um apartamento quitado. O amor dos dois foi rápido, logo bancaram a reforma do apê de Rodrigo, o casamento que ocorreu em dezembro e a lua de mel.
Tudo parecia as mil maravilhas, nunca vi Diana tão feliz até que em setembro deste ano sei da bomba através do Facebook. Diana postou o seguinte:
"A todos os meus amigos,inimigos e desconhecidos um aviso: estou me separando e a vida segue.Não quero tocar no assunto,o que passou,passou."
Fiquei sem saber o que fazer,mas arrisquei:
"Que chato amiga...respeito o seu silêncio,mas saiba que estou aqui caso precise de algo."
No mesmo dia ela me agradeceu a delicadeza e com o tempo fiquei sabendo da história toda na versão dela:
Rodrigo estava estranho, brigavam toda vez que iam na casa dos pais,reclamava de tudo,implicava com besteira.Ele simplesmente chegou um dia em casa e falou que não estava dando certo e como o apê era dele, queria que ela fosse embora.Ela Juntou as coisas e voltou para casa dos pais, sem entender nada,apenas muito magoada.
Diana entrou em um turbilhão de pensamentos,achou mil motivos, entre eles o fato de não fazer certas coisas que Rodrigo gostava na cama.Também ponderou sobre alguns insultos que supostamente foram ditos pela família dele e muitas outras coisinhas sem nenhum sentido prático.Finalmente chegou a conclusão que só podia ter uma explicação: ele tinha outra, ela não sabia quem era ainda, mas ia descobrir.O pai ia dar um jeito etc e tal.... Também disse que não tinha certeza se queria voltar para ele,pois ele andava muito difícil sendo um grosso com ela.
Lamentei por ela, mas a correria da vida não me permitiu visitá-la ou chamá-la para sair e esfriar a cabeça.
Então ontem encontro Rodrigo,que também decide que eu mereço a confiança de um desabafo. As razões de Rodrigo eram tão diferentes das suposições de Diana que me surpreenderam. Ele gosta muito dela,acha que nunca mais vai amar ninguém,(apesar de estar saindo com um garota,pois os homens são danados para compartimentar o emocional do físico) mas que não pôde bancar o padrão de vida que Diana queria,pois desde que se casaram ela parou de trabalhar e tudo corria por conta dele,que já estava cheio de dívidas. Ele chegou a dizer que foi enganado,que" não foi por esta Diana que me apaixonei.A mulher com quem me casei trabalhava,tinha amigos legais,saia a noite."
Depois do casamento tudo que faziam era ficar na casa dos pais dela." Eu já tenho pai,não preciso do dela para ficar me zoando!"
Eu perguntei para ele: você disse isso para ela? Ele simplesmente se fechou  e não me disse muita coisa para argumentar saiu com essa:  "Pra quê?Ela sabia!" Eu arranjei emprego para ela e ela não quis!"
E aí está uma questão recorrente que nem sempre é discutida:
Os homens também mudaram,não tem mais nenhum príncipe querendo tutelar uma donzela.
Uma mulher como Diana, que acredita que um marido vai trata-la como um bibelô fica despreparada,frágil, sem  ferramentas emocionais que a permitam atuar nessa sociedade para a qual ela não foi criada para viver. Vivemos em um tempo em que o amor só sobrevive em um ambiente de proatividade de ambas as partes.
Esta mudança já é notada até os filmes de princesas da Disney:é preciso ser mais Fiona e menos Bela Adormecida.
Eu entendo Rodrigo,eu entendo Diana e me espanta que depois de tudo o que já foi dito,escrito e lido duas pessoas bem informadas passem por este desgaste emocional que poderia ser evitado como mais diálogo e maturidade.
Queria que eles acertassem os ponteiros,me deu um tristeza vê-lo daquele jeito,me sondando para tirar uma informaçãozinha que fosse a respeito dela ou, quem sabe, até me usando para que eu repasse para ela coisas que ele não consegue dizer.Desculpa Rodrigo,não faço essas coisas.Seja forte e vá vencer sua batalha no cara a cara.
 Para ser sincera, embaixo desse couro grosso de ogra que desenvolvi ao longo dos anos, ainda mora um pouco de Bela Adormecida dentro de mim.Eu ainda gosto de ver casais felizes, gente vivendo um doce sonho de amor,com muito afeto (mas sem açúcar,por favor que coisa muito melada me dá gastura!)


26 comentários:

  1. Clê, nunca me dei bem no amor, fui noiva e basicamente deixada nas portas da igreja, até hoje não acredito muito em amor, homens... Sei que devo trabalhar isso com minha psicóloga ano que vem.
    Mas sempre soube que casamento, rotina, convivência é muito dificil!!!
    E eu sinceramente não sei se quero me casar um dia.
    Xeros muito pra ti minha linda.

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Adorei o texto e concordo com vc! Acho que esse ideia de que somente o homem deve sustentar a casa é ultrapassada e injusta... os dois devem traballhar e dividir as contas da casa e o cuidado com os filhos... acho que os homens que acham que devem sustentar as mulheres hoje em dia são os homens mais velhos...

    E realmente é muito difícil o dia a dia do relacionamento, requer muita paciência e amor... claro que isso tb depende da pessoa com quem vc casou né... pq tem uma mulheres q praticamente "forçam" o cara a morar junto e depois não sabem pq q o relacionamento não deu certo.

    Conheço uma moça q namorou um cara durantes anos... o relacionamento era iôiô... iam e voltavam... ficaram muitos anos nessa ladainha. Ela louca pra casar, ele evitando casamento a qq custo... resultado: ficaram nessa enrolação até ela ficar grávida e ele ir morar com ela (por causa disso)... pensa só que problema q foram arranjar né.

    Tá certo q ter filho é bom e etc., mas depende muito do cara q vc escolhe pra pai do seu filho e o tipo de relacionamento q vc vive.

    Vixi... escrevi muito... é q esse assunto dá muito pano pra manga! :D

    Beijão!

    izabellaniquito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Minha amiga,você é demais!Cada dia escreve melhor...Também lamento por Diana e Rodrigo foi uma grande perda.

    ResponderExcluir
  4. Amiga, parece ate que ja vi esse filme!!!!
    Que pena que esses coisas ainda acontecem e com pessoas que amamos, ne???
    Esse seu texto esta demais...pura realidade!

    ResponderExcluir
  5. Cê adorei o texto! Eu ri e ainda a fotinha so Santo Antônio foi muitoo bem colocada. rsrsr
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Clê historia triste mas o que mais tem amais acontecido hoje em dia e este tipo relacionamento os homens de hoje querem uma mulher que seja uma empregada boa de cama ,mae uma boa esposa e que ainda trabelhe fora pois pra eles naum basta cuidarmos deles claro que temos ponderar e naum achar que eles tem que dar tudo para nos tem muita mulher dondoca por ai ,bom resumindo não acredito em amor apenas que aja um acrinho muito grande entre os casais amor pra mim e amor ao um filho isso e amor puro sem querem nada em troca grande bju obrigada pelo carinho la no meu blog
    http://coresdebutterfly.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pelo elogio!!!
    Vixe, assunto complicado, heim!!! E coitado de Santo Antônio, porque fazem isso com o coitadinho??? Hihihihi...

    Mil Sweetkisses ♥
    http://www.docesonhodemenina.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Clê, estava com saudades de você!Amiga que historia triste, é tão chato ver duas pessoas que se amam separadas apenas por como dizem os artistas"incompatibilidade de gênios", tomara que eles se acertem e cheguem num acordo! Beijos amiga, fica com Deus!

    http://aprendizdecabeleireira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi linda adorei o texto ,pois pessoas que tiverem com algum problema parecido ao lerem isso poderão até evitar a separação,o que esta faltando no meio dos casais é falta de diálogo entre eles,fui casada e no primeiro não havia diálogo ,brigavamos muito,fiquei viúva,hoje estou há 11 anos com uma pessoa maravilhosa,a gente conversa quando algo nos incomoda para cada um procurar não magoar o outro e assim que o nosso amor aumenta cada dia mais,parabéns pelo tema abordado,vou torce para que eles voltem,se for da vontade de Deus eles iram se entender,parabéns pelo tema abordado,amiga ,bjus
    http://blogdasonhagleide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Primeiramente seu texto está lindo! Super bem escrito! E o assunto mega interessante!
    Em segundo lugar… Nossa, na verdade eu tenho uma opinião super formada sobre isso e não sei se um comentário só vai suprir tudo o q tenho para dizer…
    Nos dias de hoje as pessoas que se casam (ou não) procuram sim a sua própria felicidade e mesmo q sem consciência acabam SIM passando por cima da vontade e desejo dos outros.
    Vejo nesse casal primeiramente falta de diálogo e segundo aquela famosa frase “Alguém tem que ceder”! Antes da “Diana” se casar, ela deveria ter falado como ela queria viver, e para isso, deveria ter pensado muito ao escolher um prof. de educação física. Sou prof. e sei mto bem o quanto nós batalhamos e que a vida é mto corrida mesmo!

    …. (parte 1)

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Casei com 20 anos e hoje faz 4 anos que estou casada! Casei cedo demais? Para mim NÃO! Confio em Deus, que me deu meu marido, e nós dois temos a certeza que esse amor vem de Deus, que somos um presente Dele um para o outro e que sempre devemos equilibrar nossos desejos para seguirmos em frente! Não quero dizer que os dois (ou um dos dois) devam ser passivos, mas sim os dois devem ceder um pouco para que haja entendimento entre o casal.
    Conheço mtas amigas q são donas de casa por opção (é mto comum aqui na minha região) e que são extremamente felizes pq essa foi a vontade dos dois!!!
    Será que vc entendeu onde eu quis chegar?? hihi! :D

    Beeeijooos,

    http://re-becah.blogspot.com

    … (parte 2)

    ResponderExcluir
  13. Oi Clê!
    Passei só pra deixar um oi!
    Estou em Floripa, quando voltar coloco a leitura em dia.
    Beijos!

    http://zapatariabr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga

    Só posso dizer uma coisa: complicado entender a natureza humana amiga!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Li o texto todo!! O amor tem dessas as vezes, sei como é a cabeça de nós mulheres vamos logo fazendo mil suposições e a maior delas é de que o homem sempre tem outra! Achei super válido o que vc falou tbm de que os homens são danados para separar a razão da emoção...nossa como eu queria saber fazer isso ou pelo menos entender como eles fazem isso.
    Amei o texto e ahcei legal seu ponto de vista de enteder os dois pq na minh aopiunião os dois tem razão. Achava lega se eles sentassem pra conversar e por mais que não voltem seria bom para que não houvesse magoa e nem sentimentos ruins.

    Boa noite!
    Mil bjinhos!!
    http://castro-pri.blogspot.com/
    @Pri_castro01

    ResponderExcluir
  16. Obrigada pela visita lá no meu blog. Beijos ;*
    http://somente-moda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Clê
    Que linda história e que pena vê-los separados.. Qualquer tipo de convivência é tão difícil, não é?? Eu já me casei algumas vezes, e acredito no amor verdadeiro entre duas pessoas. Fui magoada, magoei, mas não deixo de acreditar! O amor é lindo!
    grande bjo no coração.

    ResponderExcluir
  18. Oie linda, td bem??
    Gostei do seu blog, to seguindo.
    Se der p/ seguir o meu tbm vou ficar muito feliz.
    Espero sua visitinha
    Bjs
    http://olhardemanu.blogspot.com/
    Twitter: @manuka_mn

    ResponderExcluir
  19. Oi, Clê!
    Olha só, oque faz a falta de diálogo, né?! Acho que, se um dia minha relação acabar, não será por falta de diálogo, saberemos exatamente o porque daquilo tudo, sei lá... Não existe casal perfeito, e quem "canta o amor" pelas redes sociais (por ex), tem sim poeira debaixo do tapete. Somos pessoas, erramos, acertamos e, sobretudo, conversamos, acertamos os ponteiros. Sobre relacionamentos, acho que cada caso é um caso. Mas se ela achou que poderia parar de trabalhar e cuidar da casa, que ele levaria numa boa, é pq eles não se conheciam direito para dar esse passo, "o casamento". Sei lá...
    PS: Logo de manhã vou dar um beijo no meu amore, acho que ele tá merecendo =)

    Bjoka!!!

    http://seguindotendencias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Adoramos seu blog!!! Super bacana!!! Beijinhos do TC.

    ResponderExcluir
  21. Mas quanto desencontro, meu Deus...

    ResponderExcluir
  22. Bom dia Clê, vou começar falando da música da Adelle que é linda, não é mesmo? Gosto da letra, do clipe e amo mt a voz dela,bem, eu também não fui a nenhum casamento este ano tbm.Na minha família, só tem meus pais e duas tias casadas ainda, o resto, uns 6 tios/tias são todos separados, tenho primas gravidas e solteiras, é uma bagunça, acho tudo mt triste, o mundo parece que vai piorando a cada ano que se passa, peço que em 2012 tudo melhore né? achei interessante o texto, como um desabafo, pois é a realidade que vivemos :( Poderia falar quase as mesmas coisas que vc disse, pois concordo ctg :x bj

    http://dezahoffmannmoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. sim, sem muito açucar
    aushahuahsaushauhsauhsa
    adorei tudo aqi, tão lindo.
    muito legal o jeito como escreve, muito divertido.

    ResponderExcluir
  24. Essas coisas de amor é complicada.


    Começou o sorteio de Natal, corra lá no blog e participe.

    Beijooos
    www.idfashion.com.br
    @blogidfashion

    ResponderExcluir
  25. Que falta fez um bom diálogo neste relacionamento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Fantastic website you have here but I was curious about if you knew of any user discussion forums
    that cover the same topics discussed in this article?
    I'd really like to be a part of online community where I can get feed-back from other experienced people that share the same interest. If you have any recommendations, please let me know. Bless you!

    Also visit my homepage - payday loan online

    ResponderExcluir

Adoro ler comentários e os retribuo o mais rápido que posso.
Se tiver um blog deixe o endereço,assim posso retribuir a visita e outros leitores que sentiram afinidade com o que você escreveu podem te encontrar.
Este espaço meu, também é seu!