domingo, março 23, 2014

LIÇÕES ESCRITAS POR UMA SENHORA DE 90 ANOS





1. A vida é boa.
2. Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.
3. A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.
4. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contato.
5. Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.
6. Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para discordar.
7. Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele agüenta.
9. Poupe para a aposentadoria, começando com seu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.
11. Sele a paz com seu passado, para que ele não estrague seu presente.
12. Está tudo bem em seus filhos te verem chorar.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que se trata a jornada deles.
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
16. Respire bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.
18. O que não te mata, realmente te torna mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de você e mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite “não” como resposta.
21. Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Se prepare bastante; depois, se deixe levar pela maré…
23. Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela sua felicidade, além de você.
26. Encare cada “chamado” desastre com essas palavras: Em cinco anos, vai importar?
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todos.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo.
31. Independentemente de a situação ser boa ou ruim, irá mudar.
32. Não se leve tão a sério. Ninguém mais leva…
33. Acredite em milagres.
34. Deus te ama por causa de quem Ele é, não pelo que vc fez ou deixou de fazer.
35. Não faça auditoria de sua vida. Apareça e faça o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que morrer jovem.
37. Seus filhos só têm uma infância.
38. Tudo o que realmente importa, no final, é que você amou.
39. Vá para a rua todo dia. Milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos jogássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor está por vir.
43. Não importa como vc se sinta, levante, se vista e apareça.
44. Produza.
45. A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente.
(Regina Brett)

sexta-feira, março 21, 2014

cansaço

Comecei a semana disposta a trabalhar direito e até que consegui, mas mesmo quando você dá o melhor de si, pode fazer alguma besteira ou pior: pode aparecer uma daquelas pessoas que estragam seu bom humor. Geralmente são uma daquelas "mulheres que não tem o que fazer" que foi o que aconteceu essa semana. Não sabe o que eu chamo de mulher que não tem o que fazer? Clica aqui .
Mas passou. Só que foi muito cansativo, então nessa folga se sexta a tarde tomei um comprimido e dormi. Acordei agora, mesmo cansada e parece que tudo ficou pra trás.
Não podemos gastar a mente com qualquer coisa. é preciso escolher o que deixamos ocupá-la, controlar, escolher o que vamos pensar.É difícil, mas é o único caminho.



sexta-feira, março 14, 2014

bolo de fubá cremoso

        Hoje tem algumas amigas do Facebook testando essa receita de bolo de fubá. Resolvi testar também,porque lembra muito o bolo que uma tia minha fazia e deu certo! Olha q belo!
Da próxima vez que eu fizer, vou alterar apenas duas coisas nessa receita original para que fique idêntico ao da minha infância : vou colocar apenas meia xícara de açúcar e usar queijo minas curado. (Dessa vez usei queijo minas padrão, pois acho o queijo parmesão de pacote horroroso e o parmesão em pedaços é caro e difícil de ralar).
Eis a receita,compartilhada pela Anita Queiroz e a foto do modesto porém delicioso bolo de fubá feito por mim:

BOLO DE FUBÁ CREMOSO DE LIQUIDIFICADOR
INGREDIENTES
1 xícara bem cheia de fubá
2 xícaras de leite
1 lata de leite condensado
A mesma medida de água
3 ovos
2 colheres de copa de manteiga
1 colher de sopa de óleo
1 1/2 xícaras de açúcar
100 g de queijo parmesão
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 pitada de sal
MODO DE PREPARO
Bater todos os ingredientes no liquidificador
Lembre-se de adicionar primeiro os líquidos depois os secos
Untar uma forma retangular e enfarinhar com fubá, despejar a mistura
Levar ao forno pré-aquecido, em 180°, por cerca de 30 minutos, ou até dourar.




domingo, março 02, 2014

Uma senhora bem caseira

Amanhã completo 45 anos! Me surpreendo um pouco, pois foi quando minha mãe atingiu essa idade que eu a considerei velha. 

Eu não me sinto velha, me sinto plena, bem feliz em caminhar rumo aos 50, planejando minha aposentadoria e sonhando com dias em que não precisarei acordar cedo. (ah, a doce satisfação de acordar na hora que o corpo pede!)

A vida é boa, tudo está bem, alcancei todos os meus projetos na vida, menos o de ganhar dinheiro sem trabalhar. 
Me sinto bem, bonita até. Não sou mais aquela gatinha que fazia os caras virarem o pescoço, mas adquiri um refinamento que me agrada muito. 

É estranho, mas acho que estou exatamente na metade da vida. Tudo o que desejo está aqui, nesse momento, nesta casa cheia de amor onde vivo.Que Deus me conceda a benção de manter essa serena felicidade por mais 45 anos, no mínimo!

Tenho alguns projetos de auto aperfeiçoamento para os anos que virão, objetivos que só dependem de mim:

Aprender a tocar piano;
Aprender a ler e  falar francês;
Aprender dança de salão;
Ler com calma, pesquisando cada assunto, os livros Os donos do Poder  e Lanterna na Popa.

Para os próximos 5 anos, estes serão meus objetivos pessoais.

Aos 50, quero visitar Paris com meu marido e meus filhos e depois conhecermos finalmente a Provence.




domingo, fevereiro 16, 2014

Simples e belo - singelo!

                  Coisa mais linda  essa autenticidade! Esse foi uma das cerimonias mais lindas que já vi,justamente por essa verdade que ela passa. 
                  Gosto de festas de casamento, mas sei que elas não são tudo,a  convivência depois é que vai fazer a diferença, mas essas poucas horas ficam na sua mente por toda a vida! 
                        Quando me casei, queria uma cerimônia simples, apenas a família mais próxima e os amigos mais chegados e acabou sendo um festão para 200 pessoas. Não queria muita coisa, apenas bolo e champanhe para brindar. Acabou que teve até jantar. Meu vestido também não saiu como sonhei. Mas o depois da festa, a vida em comum, foi tudo o que eu imaginava e mais ainda! Foi e está sendo maravilhoso! Espero que esse casal, que teve essa cerimonia tão verdadeira, não só tenha essa lembrança feliz, mas muita felicidade cotidiana em suas vidas!

terça-feira, fevereiro 11, 2014

flor de Alecrim

minhas mudinhas no parapeito da janela da cozinha

"Alecrim,alecrim dourado que nasceu no campo sem ser semeado!
Foi meu amor,que me disse assim que a flor do campo é o alecrim."

Eu e a filhota cantávamos essa música na cozinha quando eu comentei:
- Essa letra é um absurdo! Alecrim não é dourado e nem dá flor!
Parece que minha mudinha de alecrim ouviu e decidiu mostrar que eu estava errada:

Quem diria! Canto essa música desde criança e é a primeira vez que vejo alecrim dar flor!

quarta-feira, fevereiro 05, 2014

pérolas aos porcos


Passamos a vida a produzir as nossas pérolas. Com muito afinco e esforço, vamos, lentamente, transformando aquilo que era um incômodo grão de areia em uma rotunda e brilhante pérola! Com o passar do tempo, completamos uma coleção delas.
Aí, dessas bolinhas, fazemos o que bem nos aprouver. E é aí onde mora o perigo!
Mesmo que produzamos um belo colar, um reluzente anel ou um lustroso par de brincos, convivemos com o risco de presentear nossos bens a um porco. Aí ficamos nós de cá sem nada e o leitão desfilando por aí com nossas preciosidades suspensas pelo pescoço! O que fazer nesses casos? Prender a respiração e reaver o que é nosso à força ou respirar fundo e começar do zero – mais complicado, mas certamente mais honroso.
Nossas pérolas podem – e devem – ser compartilhadas, mas apenas com aqueles que amamos, aqueles que nos fazem felizes e que as merecem.
Se o argumento sentimental não lhe toca o coração, pense no assunto como uma questão de administração de recursos. Deve-se analisar a relação custo/benefício da transação “perolística” antes de colocar as joias da família no prego ou no focinho do leitão.
Quem em sã consciência aplicaria tanto num investimento que não confere retorno algum? Há que se pesar. Em sendo o saldo positivo, muito que bem, mas no caso de detecção de atividade suína, alto lá!

Seja feliz sem medo, mas não atire pérolas a porcos.
(Augusto Paz)